terça-feira, 19 de abril de 2011

Heavy´n Under Tuesday - Twisted Sister

Boa noite, galera do Rock And Roll !!! Como estão ?

O Texto de hoje é da banda Twisted Sister, mais um ótimo texto de Alexadre Veronesi, espero que gostem.

 A história dessa lenda do rock teve início no ano de 1972 (fundada por Jay Jay French), em Long Island, sob o nome de Silverstar, alterado para Twisted Sister em 1973. Após algumas alterações, o line-up se consolidou com Dee Snider nos vocais, Jay Jay e Eddie "Fingers" Ojeda nas guitarras, Mark "Animal" Mendoza no baixo e A.J. Pero na bateria.


Apesar do estilo totalmente glam, visual andrógino, roupas extravagantes e maquiagem pesada, o TS incorporou muitos elementos do Heavy Metal, mantendo o Hard Rock como base de sua música.

O grupo ganha certa popularidade entre o final dos anos 70 e começo dos 80, principalmente devido ao enorme talento de Snider como frontman, formando assim uma sólida base de fãs.

Em 1982 sai o EP "Ruff Cuts" e, posteriormente, o debut "Under The Blade", pela Secret Records. O relativo sucesso do álbum possibilitou ao TS uma turnê ao lado do Motörhead, e mais adiante um contrato com a Atlantic Records, por onde foi lançado seu segundo full-lenght, "You Can't Stop Rock N' Roll", de 1983. Percebendo o quão promissor seria o futuro do grupo, a Atlantic resolveu então investir pesado, e gravaram um videoclip para a faixa-título do álbum, com fortes doses de humor, característica que se tornaria marca registrada em seus vídeos.

"Stay Hungry", maior êxito comercial do TS, foi lançado no ano de 1984. Sucesso absoluto, o álbum vendeu mais de 3 milhões de cópias durante os anos seguintes. Para consolidar seu reinado, a banda gravou 2 vídeos para seus (futuros) maiores clássicos: "We're Not Gonna Take It" e "I Wanna Rock", que foram exaustivamente veículados na MTV. Uma curiosidade: o Metallica, ainda novato na época, fez a abertura de alguns shows da tour de divulgação desse álbum.


O 4º full-lenght da banda foi colocado no mercado em 1985, intitulado "Come Out And Play", e mesmo não alcançando o enorme sucesso do play anterior, vendeu cerca de 500 mil cópias, ganhando disco de ouro.
Terminada a turnê, o baterista A.J. Pero deixa a banda, e Joey Franco é recrutado para o posto.

O verdadeiro declínio viria em 1987. Dee Snider convoca Joey Franco e outros músicos contratados para a gravação de um álbum solo, e a gravadora resolve lançá-lo sob o nome do Twisted Sister. Assim tivemos "Love Is For Suckers", que foi um fracasso total de vendas e críticas, devido ao direcionamento excessivamente "pop" contido no material. O resultado foi a saída de Dee Snider da banda, recisão de contrato por parte da gravadora e, finalmente, o encerramento das atividades do grupo, em Janeiro de 1988.

Após quase 10 anos inativa, a banda se reúne em 1997, novamente com A.J. no comando das baquetas.

Os anos seguintes são marcados por intensa atividade do grupo, com lançamentos de coletâneas, shows em grandes festivais, como Sweden Rock e Wacken Open Air (esse gravado para um vindouro DVD), e a regravação do clássico "Stay Hungry", intitulada "Still Hungry", lançada em 2004, com 7 faixas-bônus.

Em 2006 lançam seu novo álbum de estúdio, contendo canções Heavy Metal com temas natalinos, sob a alcunha de "A Twisted Christmas". O álbum foi um sucesso, gerando shows temáticos e um DVD intitulado "A Twisted Christmas - Live", de 2007.

Em 2009, o Twisted Sister faz sua primeira apresentação em terras tupiniquins, na capital paulista, para um Via Funchal totalmente lotado. A recíproca entre banda e público foi tamanha que os americanos retornaram em 2010, passando também por Curitiba (além de SP), dessa vez sem a maquiagem característica, porém com a mesma garra e precisão de sempre, fazendo novamente shows memoráveis.

E assim o Twisted Sister segue sua grandiosa carreira, realizando algumas pequenas turnês e shows em grandes festivais, devastando todos os lugares por onde passam, despejando clássicos eternos e absolutos, de uma banda com quase 40 anos de estrada, contando desde os primórdios, nos idos de 1972... não é para qualquer um!

TWISTED FOREVER!

Burn In Hell (Wacken 2003)




We're Not Gonna Take It



Site Oficial : http://www.twistedsister.com/

14 comentários:

Suzana disse...

Não sou mto fã de rock, mais a história da banda é beem legal!

MikaelMoraes disse...

até agora o melhor blog de rock pesado q eu encontrei na net

parabéns

visite-nos e comente tmbm

http://mikaelmoraes.blogspot.com

bia santos disse...

"Enquanto outros se escondem, rock não irá morrer"

Sou suspeita para falar de uma banda que gosto tanto...

Dayane disse...

O tempo passa e esses caras são exemplos para muitos.....Tive o privilegio de ve-los ao vivo - a presença - a perfomance - de palco eh fantastica......... e mesmo sem a maquiagem.....(que era um referencal, marca) deles, não deixaram a desejar....
Banda mto lokaaaa

Parabens pela materia!!!

BEijos

Rubi disse...

Essa banda é fantástica!
Adoro as músicas, os clipes, o estilo, tudo *-*
Você como sempre nos presenteando com posts incríveis.

Leticia disse...

o visual androgino e toda a maquiagem não me agrada muito, mas o som dos caras é muito bom.

Lillo Dogmez, o licantropo. disse...

O GLAM ROCK NÃO MORREU! APENAS MUDOU PARA EMOCORE! KKKKKKKK


TWISTED SISTER IS PURE ROCK!

\,,/(Ò..Ó)\,,/
LONG LIFE TO ROCK'N'ROLL

http://thebigdogtales.blogspot.com

Loverocklive disse...

Que os deuses do Metal nunca escutem essa heresia que você acaba de dizer meu caro.

Smoker Sam disse...

o começo do clip We're Not Gonna Take It deles é muito parecido com o clip de Michael Jackson - Black Or White;

Muito bom...

Cabral disse...

Legal seu blog!!!
__________________
sou mais chegado num MPB..
mas o texto tá ótimo
parabéns!!!
Seu blog pra quem gosta de rock é show!!!
Abs... Fabio c.

Habib Sarquis disse...

Gosto de algumas músicas deles. =)

http://boomnaweb.blogspot.com/

J.R. disse...

Nossa, os caras são demais!!!

Karla Hack dos Santos disse...

Que adolescente que se preze não amava TS - We're not gonna take it, não é verdade?!
Até hoje é um dos clipes que mais gosto!!!

Ótima postagem!

;D

OGROLÂNDIA disse...

Quem tem preconceito com a banda pelo visual totalmente andrógino perde um rock vigoroso e potente, recheado de bom humor e banhado em metal.
dee sneider é um dos membros mais relevantes da família metalica em todos os tempos.
vê-los de maquiagem hoje em dia é constrangedor, mas se o kiss pode, porque o ts não?
abraçogro

www.ogroland.blogspot.com