terça-feira, 22 de março de 2011

Heavy´n Under Tuesday - Blaze Bayley - Parte II

Boa tarde, galera do Rock And Roll !!! Como estão ?

Deixo com vocês a segunda e última parte do texto sobre Blaze Bayley, quem não leu a primeira parte pode ler AQUI.

Após algumas mudanças na formação, "Blood And Belief" é lançado em 2004. Esse full-lenght também possui alguns grandes petardos, como "Alive", "Ten Seconds" e a própria faixa-título. A turnê desse play foi bastante problemática, pois houveram diversas mudanças de membros, o que acabou de certa forma desestabilizando a banda e, consequentemente, a carreira de Blaze.

Os anos seguintes foram tenebrosos para o vocalista, pois os membros remanescentes deixaram a banda após brigas internas, e Blaze foi obrigado até a trabalhar como taxista para sobreviver.

Finalmente, em 2007, Bayley volta à cena no Metal Mania Festival, realizado na Polônia. Nesse show foi gravado o DVD Alive In Poland, um grande divisor de águas na carreira do vocalista, apesar de algumas falhas e erros durante a apresentação (devido ao pouco tempo de ensaio com a nova banda).

Mais algumas mudanças na formação, até que em 2008, com nova empresária (Debbie, a esposa do vocalista), a banda, agora sob a alcunha de "Blaze Bayley", coloca no mercado o devastador "The Man Who Would Not Die", que conta com Nico Bermudez e Jay Walsh nas guitarras, Dave Bermudez no baixo e Lawrence Paterson na bateria. Segue-se então uma grande turnê mundial, com ótima aceitação tanto por parte dos fãs quanto da crítica especializada. Sons como "Smile Back At Death", "Blackmailer", "Robot" (que ganhou um video-clipe) e outras mostram o enorme potencial de Blaze, com letras e interpretações fantásticas, além do instrumental pesado e totalmente coeso.

Ainda no mesmo ano, o vocalista recebe outro duro golpe: sua esposa e empresária, Debbie, falece, devido à um câncer no cérebro. Mesmo assim ele se mantém firme e prossegue sua carreira, com ainda mais determinação!

Em 2010 sai o novo álbum da banda, intitulado Promise And Terror, que assim como seu antecessor, foi muitíssimo bem recebido pelos metalheads mundo afora. Seguindo a linha do anterior, temos belas músicas como "Madness And Sorrow", "City Of Bones", "Surrounded By Sadness" entre tantos outros petardos. Durante a tour, Larry Paterson deixa a banda e é substituído pelo italiano Claudio Tirincanti.

Texto escrito por : Alexandre Veronesi

Vídeos :

Born As A Stranger (Alive In Poland)




Kill And Destroy (Ao vivo em SP 2009)




The Man Who Would Not Die

4 comentários:

Dr. Doctor disse...

ROCK AND ROLL MANO, foda-se o funk, foda-se o tecnobrega, foda-se o axé, ROCK N ROLL \o/

Caroline Vespa disse...

Pra quem curte rock, aqui eh o lugar certo ne?
bjss

Pedro disse...

Para aqueles que curtem rock, aqui é um paraíso!

:D

Helen Louzada disse...

Oii
Representção do Rock!! /o/
Adorei!
Estou te seguindo.. espero que me siga tbm!
atividadedavida.blogspot.com
abraços!!