terça-feira, 29 de março de 2011

Heavy´n Under Tuesday - Destruction

Bom dia, galera do Metal das Caveiras !!! Como Estão ?

A banda de hoje é o Destruction uma das bandas mais fudidas da cena, mais um texto de Alexandre Veronesi. 

A trajetória dessa verdadeira instituição do Thrash Metal teve início no ano de 1982, na Alemanha. Formado por Marcel "Schmier" Schirmer (vocais e contra-baixo), Mike Sifringer (guitarras) e Thomas "Tommy" Sandmann (bateria), o Destruction se tornou, ao longo dos anos, uma das maiores referências do gênero.



A banda começou sua carreira sob a alcunha de Knight Of Demon, mudando o nome para Destruction após algum tempo. Em 1984 lançam sua primeira demo, "Bestial Invasion Of Hell", e no mesmo ano, pela Steamhammer Records, colocam no mercado o clássico EP "Sentence Of Death".

"Infernal Overkill", álbum de estréia dos alemães, foi lançado em 1985, contendo petardos como "Bestial Invasion", "Tormentor", "Total Desaster", entre outras. Seu sucessor, "Eternal Devastation", foi igualmente aclamado pelos headbangers sendentos por peso e velocidade, mostrando ao mundo verdadeiras pérolas como "Curse The Gods", "Life Without Sense", etc. Algum tempo após o lançamento, e uma bem-sucedida turnê com seus conterrâneos do Kreator, Tommy deixa a banda, dando lugar a Oliver "Olli" Kaiser.

Em 1987, a banda recruta um segundo guitarrista, Harry Wilkens, e com o novo line-up despejam-nos mais um poderoso registro, o EP "Mad Butcher", considerado por muitos o melhor trabalho do Destruction. Com isso, a banda realiza algumas turnês pela Europa e Estados Unidos.

O terceiro full-lenght, intitulado "Release From Agony", mostrou uma grande evolução técnica e certas mudanças na sonoridade, fato que desagradou alguns fãs mais radicais, mas mesmo assim é considerado um clássico do estilo, destacando-se, principalmente, a faixa-título, "Unconscious Ruins" e "Sign Of Fear". Durante a tour desse álbum foi gravado o primeiro ao vivo da banda, "Live Without Sense", lançado em 1989.
Nesse mesmo ano, a banda sofre outra grande baixa, com a saída de Schmier. Mike decide continuar mesmo assim, e em 1990 chega às lojas "Cracked Brain", com o vocalista André Grieder e o baixista Christian Englefor completando o line-up.

Os anos 90 foram um período obscuro para a banda, que, com os novos integrantes Thomas Rosenmerkel (vocais) e Michael Piranio (guitarras), gravou os fracos e criticados "Destruction" e "Them Not Me (EP's, 1994 e 1995, respectivamente), além do full-lenght "The Least Successfull Human Cannonball (1998). Hoje, esses 3 registros não estão nem relacionados na discografia oficial da banda, tamanho o "fracasso" do material.

Finalmente, em 1999, Schmier retorna ao Destruction, trazendo consigo o baterista Sven Vormann, e dessa forma as coisas começam a melhorar para o grupo. Assinam um contrato com a Nuclear Blast, e em 2000 é lançado "All Hell Breaks Loose". Os álbuns seguintes, "The Antichrist" (2001) e "Metal Discharge" (2003), com o baterista Marc Reign no lugar de Vormann, serviram para recolocar  a banda em seu merecido posto de gigante do Thrash, devido a grande qualidade e intensidade do material contido neles.

Nos anos que se seguiram, o grupo realizou diversas turnês por todo o mundo, incluindo apresentações nos principais festivais de Heavy Metal do planeta, e o lançamento de "Inventor Of Evil", de 2005, "Thrash Anthems" (álbum de regravações), de 2007, e "D.E.V.O.L.U.T.I.O.N.", 2008.

Marc Reign, baterista da banda nos últimos 8 anos, deixa seu posto em 2010 e é susbtituído pelo polonês Vaaver ((Wawrzyniec Dramowic).

2011 promete ser mais um grande ano para o Destruction, que tem o lançamento de seu novo play, "Day Of Reckoning", marcado para o mês de fevereiro, além de grandes tours pela América do Norte e América Latina, incluindo uma nova apresentação em São Paulo, no Carioca Club, dia 23/04!


THRASH TILL' DEATH!!!

Videos :

Thrash Till' Death




Curse The Gods (live)



Site Oficial :  http://www.destruction.de/

8 comentários:

Denise Mendy's disse...

Olá seu blog é maravilhoso, se puder visite o meu
ficarei grata

http://rockbywomans.blogspot.com

Barbara Nonato disse...

Boa descrição da trajetória da banda.
E mais um show que parece prometer esse ano.

Ravi Barros disse...

Amo rock de paixão... não curto o estilo muito metal... mas de qualquer forma é sempre bom ouvir musicas que tenham letra!

Mayara Vieira disse...

Não sou muito fã de rock tem até alguns que eu curto.
Legal ver a trajetória dessa banda que eu não conheço

Bяυиσ мaтσs ® disse...

Eu curto muito Metalica, mais nada mais. *-*'

www.novaquahog.com

pisovelho.com.br disse...

Nem sabia que existia... valeu pela dica...

e aí, foi no show do Iron???

Lucyano disse...

Ótima postagem, o blog continua muito bom...

http://cinemaparceirodaeducacao.blogspot.com/

PatyPaty disse...

Legal seu blog, ficou bem característico