terça-feira, 13 de julho de 2010

Onslaught - Terça Thrash.

Boa noite galera do rock and roll !!!! Como estão ?

Hoje dia do rock and roll, é uma satisfação para mim, colocar mais um post na " Terça Thrash"  escrito por Alexandre Veronesi e podem aguardar ainda hoje, mais homenagens ao rock and roll.



Onslaught (UK)

A Inglaterra foi o grande berço do Heavy Metal, revelando gigantes como Black Sabbath, Iron Maiden, Judas Priest, Saxon entre muitos outros. Por outro lado, não existem muitos representantes do Thrash Metal no país. Uma das poucas bandas que erguem esse sub-gênero do Metal na terra da rainha é o Onslaught.



Formada em 1982 por Nige Rockett (guitarra) e Steve Grice (bateria), o Onslaught começou como uma banda de Punk /Hardcore, gravando diversas demos entre 1983 e 1984 com freqüentes mudanças na formação. Até que finalmente, em 1985, com Paul Mahoney (vocal) e Jason Stallard (baixo) completando o time, mudam radicalmente seu estilo e gravam o clássico “Power From Hell”, que nos apresenta um Thrash Metal cru e direto, ainda flertando com a agressividade e rebeldia do Punk/Hardcore, além de algumas boas pitadas de Death Metal. Esse álbum é considerado por muitos o mais importante e influente da carreira da banda.

Em 1986, ocorre uma pequena, porém importante, mudança na formação. O vocalista Sy Keeler é recrutado para o posto e, dessa forma, Paul Mahoney assume o baixo e Jason Stallard torna-se o segundo guitarrista. Com o line-up renovado, gravam o também memorável  “The Force”, que mostra uma grande evolução na técnica e maneira de compor da banda.



Em seu auge, o Onslaught segue realizando turnês pela Europa e América do Norte ao lado de grandes nomes como Motörhead, Nuclear Assault  e Anthrax, tocando no lendário Dynamo Festival, entre outros shows importantes.
Devido ao sucesso alcançado, assinam um contrato com a gravadora “major” “London Records”, começando, assim, o processo de gravação do terceiro álbum. No ano de 1988, Sy Keeler deixa a banda por exigência da gravadora, que não aprovou as novas demos com o vocalista. Em seu lugar, entra Steve Grimmett (ex-Grim Reaper, Chateaux e Medusa). Também deixam a banda Mahoney e Stallard, dando lugar a James Hinder e Rob Trotman, respectivamente.

“In Search Of Sanity” é lançado em 1989, gerando bastante controvérsia pois os vocais mais técnicos e limpos de Grimmett causam uma grande mudança na sonoridade do grupo, embora sem perder a qualidade, mantendo ainda suas raízes do Thrash e flertando com o Metal tradicional.

Muitos fãs não aceitaram as mudanças, criticando a saída de Keeler, a produção excessivamente limpa do “ISOS” entre outros fatores, o que de certa forma fez a banda cair no ostracismo até que, em 1991, encerra temporariamente suas atividades.

Após longos 15 anos, em 2006, os clássicos Power From Hell e The Force são relançados pelo selo “Blackened” e, com eles,  vem o retorno triunfante do Onslaught, novamente com Sy Keeler assumindo os microfones, além de Grice e Rockett, da formação original.

Em 2007, é lançado o tão aguardado “Killing Peace”, remetendo ao som da banda principalmente na época do “The Force”, tendo assim ótima aceitação por parte da crítica e do público. A turnê de divulgação do álbum (que trouxe a banda pela primeira vez ao Brasil) gerou o ótimo “Live Damnation”, gravado em 2008 no Damnation Festival (Leeds, Inglaterra) e lançado em 2009.



O Line-up atual conta com Sy Keeler nos vocais, Nige Rockett e Andy Rosser-Davies nas guitarras, Jeff Willians no baixo e Steve Grice na bateria. No momento, a banda se prepara para lançar seu novo full-lenght pelo selo “AFM”, previsto para Novembro e ainda sem título definido.

Videos:







http://www.myspace.com/onslaughtuk

12 comentários:

Anônimo disse...

SAUDAÇOES

BACANA SEU BLOG ROCK.

MANDAREI O CARTAZ DO SHOW DAMINHA BANDA O ABRACADABRA AINDA HOJE DIA 13 DE JULHO OK, +OU - ÁS 18HS.
SE QUISER ME ADD NO MSN.
marco_rocker@hotmail.com

abraços

Cantarelli disse...

mais um belo post!
Parabéns ao blog, ao Sr. Veronesi e ao Rock N' Roll!

Dayane disse...

Aewwwwwww feliz dia do Rock para todos os thrashers de plantão \../
Curti o post,gostei dos videos e vamos aguardar ate novembro para curtimos mais um novo trabalho do rock preto!! Beijos!

Vanessa disse...

Feliz dia do rock pessoal :DDD

gosto bastante de trash metal, embora o meu preferido seja o deathcore :D

www.vanessafunnygirl.blogspot.com

M!sunderstood disse...

Adoroooooooo

Nosso rock realmente não pode morrer...rsrs

muito bom teu blog, vim retribuir a visita.

Tenha um ótimo dia do rock....

Bjin

Karla Hack disse...

Honestamente não conhecia a banda...
Mas fiquei interessada, já que do estilo tenho algumas preferidas..
GOstei do primeiro vídeo!
;D

visitemongohelson disse...

A Inglaterra também foi berço de grandes bandas do rock alternativo. Metal não faz muito o meu estilo, mas no dia de hoje, o inportante é ouvir aquilo que incha seus ouvidos e te revolta de alegria!

Viva o dia Mundial do Rock sem Restar e Cine! hauahauahauaha!

Luiz Brisa disse...

gostei
msm não sendo meu estilo
seguindo
^^

http://vagalnerdkawai.blogspot.com/

Caio Gomes disse...

é sempre bom saber um pouco mais das bandas estrangeiras... parabéns pelo blog

Gui disse...

nao curto mt esse rock, mas o som nao eh ruim nao.. legal.. :x

Daniel Silva disse...

boa! onslaught não é tão conhecida, mas é o bicho. das inglesas, curto mais xentrix e sabbat, do andy sneap, que depois virou um puta produtor.

abraço

Gustavo Bettuz disse...

Onslaught Thrash fuckin' metal,uma banda que só tem Play fudido e não perdeu a porrada Thrash metal Old school.
Excelente post Alexandre.
abss