terça-feira, 6 de julho de 2010

Terça Thrash - Forbidden

Boa noite galera do rock and roll !!! Como estão? 

Hoje começa uma nova coluna "Terça Thrash" e será escrita por um grande amigo Alexandre Veronesi.


FORBIDDEN (EUA)

A carreira dessa maravilhosa banda começou em 1985, na famosa Bay Area (onde também nasceram bandas como Metallica, Exodus, Overkill e tantas outras), em San Francisco, California, sob o nome de Forbidden Evil, formada por Russ Anderson nos vocais, Craig Locicero e Rob Flynn nas guitarras, Matt Camacho no baixo e Paul Bostaph (lendário baterista que mais tarde faria parte de grandes nomes como Slayer, Testament, Exodus e outras) na bateria. Rob Flynn logo deixou a banda para formar o Vio-lence (e, posteriormente, fundou o Machine Head), dando lugar a Glen Alvelais. 



Em 1987, a banda muda o nome para Forbidden e, no ano seguinte, assina um contrato com a gravadora Combat Records, lançando seu debut, o clássico “Forbidden Evil”, idolatrado por muitos Thrashers (inclusive esse que vos fala), marcado pela técnica apurada, riffs intrincados, vocais ora agressivos ora melódicos e diferentes passagens instrumentais, elementos até então pouco vistos dentro do estilo.
O sucesso do debut lhes rendeu uma grande turnê ao lado de Exodus, Death Angel e Testament, além de participações em grandes festivais como o Dynamo Open Air, na Holanda, em 1989, onde gravaram o EP “Raw Evil: Live At The Dynamo”.

Em 1989, o guitarrista Glen Alvelais deixa a banda por motivos de diferenças musicais e assume as guitarras do Testament, sendo substituído por Tim Calvert. Em 1990, lançam seu segundo álbum, “Twisted Into Form”, mantendo o alto padrão do primeiro trabalho, thrash metal técnico e brutal!
Infelizmente, assim como inúmeras bandas de qualidade, o Forbidden não teve o devido reconhecimento por seu trabalho e as coisas começaram a dar errado.

Em 1992, a banda sofre um forte golpe com a saída de Paul Bostaph, que deixou o Forbidden para integrar o Slayer. Para o lugar de Bostaph, a banda recruta Steve Jacobs e, com ele no comando das baquetas, grava os álbuns “Distortion” (1995) e, após uma pequena pausa, “Green” (1997), já sem o impacto e originalidade de outrora mas ainda mantendo a chama acesa.

Após a gravação de Green, Tim Calvert deixa a banda para tocar no Nevermore, enquanto Locicero, Camacho e Jacobs formam o Manmade God, deixando o Forbidden de lado por um tempo.
No ano de 2001, a banda se reúne sob o nome de Forbidden Evil, com a participação de Steve Smyth (Nevermore) nas guitarras, apenas para tocar no festival Thrash Of The Titans.

Mais uma enorme pausa até que, no ano de 2008, a banda se reúne pra valer, novamente como Forbidden, com o posto de baterista sendo dividido entre o lendário Gene Hoglan (Death, Dark Angel, Testament, Strapping Young Lad, Fear Factorty, etc etc etc etc etc etc!) e Mark Hernandez  (Vio-lence, Heathen). Paul Bostaph também participa, tocando em 3 shows da tour. Após a turnê de reunião, Anderson, Locicero, Camacho e Hernandez seguem com a intenção de gravar um novo álbum, mas Alvelais decide não continuar, sendo substituído por Steve Smyth (agora ex-Nevermore).



Em 2009, a banda lança 2 novas músicas em seu MySpace, Hopenosis e Adapt Or Die, que remetem àquele velho Forbidden do final dos anos 80 e começo dos 90, voltando a cena Thrash com força total!
O novo álbum, embora sem título definido, está previsto para sair ainda em 2010. Resta a nós, amantes do bom o velho thrash fuckin’ metal, aguardar! E que venham para o Brasil nos brindar com uma aula de brutalidade e destruição!



Step By Step (Video Clip)




Through Eyes Of Glass (Live - Combat Tour 1989)






MySpace

11 comentários:

Cantarelli disse...

ótimo post do Sr. Veronesi. Chutando bundas.

Gustavo disse...

Caramba cara....Muito massa esse seu texto...eu não sabia que o Paul Bostaph passou pelo Forbidden, nem também que eles estão em um possível início de volta...pra mim anos 90 eles tinham simplesmente sumido e nunca mais voltaram hehe
O Texto ficou excelente memso, o mais importante é que foi escrito por um Banger de coração, que aprecia o estilo e a banda em peso! E não qualquer colunista que dá uma pesquisada e resumeo texto! Ficou muito massa mesmo Alexandre, parabéns!!!!

Estou no aguardo dos próximos!!! Vlw!!!

Nany Morrison disse...

Passa "lá em casa" que tem selinho pra vc. Post raivoso esse, eu ñ manjo nada de Trash Metal =P

Bjoks!

Anônimo disse...

Bay Area sempre é foda...massa o texto !!

Gustavo Bettuz disse...

Ae Alex,grande post cara,Forbidden eh uma excelente banda,Forbidden Evil um dos play mais rapido,técnico e violento de thrash metal q eu ja escutei e o legal q os cara tão na ativa agora.. legal seria os caras chutando bundas aqui no Brasil hehehe
abs

Daniel Silva disse...

cara! jamais pensei que veria um post desse tipo aqui. forbidden foi uma das melhores bandas que o thrash já teve.. paul bostaph espancando a bateria... a dupla de guitarras avacalhava e o russ anderson tinha uns agudos muito foda!

parabéns pelo post.

abraço!

Jax disse...

Pooooooorra, Forbidden é fudido demais !
Muita informação boa pra um post só!
Ficou mto massa !

É sempre bom alguém que curte som pra falar de som ! haha

Luiz F. disse...

Ótima esse post!
Parabéns pelo blog, já o adicionei à minha lista no blog: http://welcometothejungles.blogspot.com/

Dayane disse...

Forbidden.... tah ai!!! Uma banda que não conhecia, e ao ler essa matéria, ver e ouvir alguns videos, considerei muito boa, tb com uma formação dessas...não teria como ser diferente....Parabéns ao Douglas por abrir essa nova coluna trazendo mais informações para os thrashers \../
E parabéns ao Alê pelo excelente post!!! \o/

..::*::.. Palavra de Guria ..::*::.. disse...

Adorei o post..
beiijos

kerry burger king disse...

Sem palavras uma das 10 bandas que conheci a pouco tempo que fazem parte das minhas favoritas bay area simplismente a casa das bandas fodonas.Espero ver mais posts.